Última hora

Eurogrupo e FMI têm novo acordo para a Grécia

O país vai passar por mais austeridade.

Em leitura:

Eurogrupo e FMI têm novo acordo para a Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia vai ter novos empréstimos da Troika e um novo alívio da dívida. Os 19 ministros da Economia e Finanças da Eurozona chegaram a acordo para desbloquear novos fundos à Grécia e um perdão parcial da dívida existente.

allviews Created with Sketch. Point of view

"Há algum espaço para otimismo. Este pode ser o início do fim do ciclo vicioso de recessão e medidas recessivas."

Euclid Tsakalotos Ministro grego das Finanças

Esta era uma condição que o FMI impunha para que o país pudesse receber dinheiro fresco: “Reconhecemos que a Grécia precisa de um alívio da dívida. Não pode fazer o esforço sozinha e congratulamo-nos por haver uma metodologia para o alívio da dívida”, disse Paul Thomsen, líder do FMI para a Europa.

Durante o encontro, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, ameaçou outros países, como Portugal e Espanha, com novas sanções.

A Grécia teve de aceitar mais medidas de austeridade, como o aumento do IVA para os 24%. O ministro das Finanças, Euclid Tsakalotos, teve o discurso que Bruxelas queria ouvir. “Há algum espaço para otimismo. Este pode ser o início do fim do ciclo vicioso de recessão e medidas recessivas, para que os investidores tenham a via livre para investir na Grécia e possam transformar o ciclo vicioso num ciclo virtuoso”, disse.

O antecessor, Yanis Varoufakis, não é da mesma opinião…

Se o alívio parcial da dívida é uma boa notícia, a Grécia continua a ser o país europeu mais sacrificado pelas medidas de austeridade. Os gregos voltaram a sair à rua, em protesto.