Última hora

Em leitura:

Putin espera que troca possa apaziguar zona de conflito

mundo

Putin espera que troca possa apaziguar zona de conflito

Publicidade

Yevgeny Yerofeyev e Alexander Alexandrov, os prisioneiros que serviram de moeda de troca para Nadiya Savchenko, também regressaram a Moscovo.

Os dois homens, apresentados pela justiça ucraniana como elementos do serviço de informações do exército russo, foram condenados, em abril, a 14 anos de prisão por terem combatido ao lado das forças separatistas no leste da Ucrânia.

Entretanto, o presidente russo recebeu no Kremlin a viúva e a irmã dos jornalistas que a Rússia diz terem morrido por causa das informações transmitidas por Nadiya Savchenko.

Vladimir Putin manifestou a esperança de que a libertação da ucraniana, que qualificou de gesto humanitário, possa apaziguar as tensões na zona de conflito.

O presidente agradeceu aos familiares dos repórteres terem-lhe pedido para agraciar Nadiya Savchenko, um gesto que permitiu o desenlace desta quarta-feira.

Alexandrov e Yerofeyev foram capturados no ano passado. Durante a detenção confessaram ser militares russos mas o ministério da Defesa da Rússia afirmou ambos tinham abandonado o serviço ativo.

A região leste da Ucrânia vive um frágil cessar-fogo desde o ano passado.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte