Última hora

Em leitura:

Roménia lidera mortes evitáveis na UE

mundo

Roménia lidera mortes evitáveis na UE

Publicidade

O que são mortes evitáveis?

  • Mortes prematuras, que poderiam ter sido evitadas com cuidados médicos adequados
  • Mortes de pessoas com menos de 75 anos
  • As principais causas de morte são ataques cardíacos e AVC
  • É um dos indicadores para medir a qualidade dos cuidados de saúde nos Estados-membros da UE
  • Os números são de 2013

Os números

Os números absolutos mostram quantas mortes potencialmente evitáveis aconteceram num Estado-membro. A taxa de mortes evitáveis corresponde à percentagem, em comparação com o total de mortes de pessoas com menos de 75 anos.

Os piores

O Estado-membro com taxa mais elevada é a Roménia (49,4%), o que significa que quase metade das mortes de pessoas com menos de 75 anos poderiam ter sido evitadas com cuidados médicos adequados. Seguem-se a Lituânia (45,4%) e a Eslováquia (44,6%). A de Portugal (32%) ficou abaixo da taxa média da UE (33,7%).

Os melhores

A taxa de mortes evitáveis em França é de 23,8 , cerca de metade do valor da Roménia. Seguem-se a Dinamarca (27,1), a Bélgica (27,5%) e a Holanda, também abaixo dos 30%.

Causas das mortes evitáveis

Na União Europeia, os ataques cardíacos são a causa mais comum – 184.800 (32%) mortes evitáveis foram causadas por ataques cardíacos. Seguem-se os AVC, responsáveis por 93.900 mortes (16%) e o cancro colorrectal. Se juntarmos a este o cancro da mama, temos um total de 117.800 mortes, ou seja, 21% de todas as mortes evitáveis na União Europeia.

Fonte: eurostat

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte