This content is not available in your region

Troca de prisioneiros permite regresso da ucraniana Nadiya Shavchenko

Access to the comments Comentários
De  João Peseiro Monteiro  com AFP, Reuters
Troca de prisioneiros permite regresso da ucraniana Nadiya Shavchenko

<p>Nadiya Shavchenko regressou a casa esta quarta-feira. A libertação da piloto ucraniana foi alcançada por via de uma troca de prisioneiros negociada entre Kiev e Moscovo.</p> <p>Capturada em junho de 2014, Nadiya Savchenko foi condenada em março pela justiça russa a 22 anos de prisão por ter comunicado a posição de dois jornalistas russos que morreram na sequência de um tiro de morteiro.</p> <p>À chegada a Kiev, a heroína nacional afirmou estar disposta a arriscar novamente a vida num campo de batalha e que vai fazer o que lhe for possível para que todos os prisioneiros ucranianos sejam libertados.</p> <p>A piloto de 35 anos tinha a mãe e a irmã à espera no aeroporto. Em seguida, Nadiya Shavchenko foi recebida por Poro Poroshenko no palácio presidencial.</p> <p>O chefe de Estado esclareceu que a troca de prisioneiros estava a ser negociada há vários meses e sentenciou que “da mesma forma que trouxemos Nadiya de volta, também vamos trazer o Dombass e a Crimeia de regresso à soberania da Ucrânia”. </p> <p>A guerra secessionista no leste do país dura há dois anos e fez cerca de 9.300 mortos e um milhão e meio de deslocados. Kiev e o Ocidente acusam Moscovo de apoiar militarmente os separatistas. A Rússia rejeita a acusação.</p>