Última hora

Em leitura:

Batalha de Verdun faz 100 anos

mundo

Batalha de Verdun faz 100 anos

Publicidade

Pouco depois das sete da manhã do dia 21 de fevereiro de 1916 o exército alemão lançava um ataque de artilharia nunca antes visto. Era o início da batalha de Verdun. Um século depois, esta continua a ser a batalha mais conhecida da Primeira Guerra Mundial.

“O meu avô era um soldado alemão porque, na altura, a Alsácia fazia parte do Império Alemão, por isso, faço isto em memória dele” afirma Luc Heinrich voluntário na Associação Connaissance de la Meuse.

“Talvez os mais jovens se venham a esquecer no futuro, mas é graças a estas pessoas que somos livres” refere um homem.

300 000 mortos em 300 dias. O que resta dos mais de cento e trinta mil soldados – alemães e franceses – não identificados estão no ossário de Douaumont, um edifício em forma de espada.

Verdun foi palco de um combate implacável entre franceses e alemães. Estima-se que nas primeiras horas de combate tenham sido lançados um milhão de obuses. Durante os 300 dias e as 300 noites, entre fevereiro e dezembro de 1916, foram lançados 26 milhões de obuses, ou seja, seis por metro quadrado.

Considerada uma das mais longas batalhas de sempre, Verdun foi ainda assim menos mortífera do que a de Somme, no norte de França, travada por franceses e ingleses contras as forças alemãs. O recurso a novas armas de guerra como os tanques fez toda a diferença. Só no primeiro dia, os ingleses perderam 19 240 homens. Esta foi, também, a primeira batalha de que há registo no cinema.

A batalha de Verdun guardou, no entanto, a carga simbólica do absurdo da guerra com os alemães a manterem-se a pelo menos cinco quilómetros de distância da cidade.

Em 1984, Helmut Kohl e François Mitterrand escolhem este lugar para selar a amizade entre os dois povos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte