Última hora

Em leitura:

F1: Família de Jules Bianchi avança com ação judicial contra FIA, Marussia e FOM

Desporto

F1: Família de Jules Bianchi avança com ação judicial contra FIA, Marussia e FOM

Publicidade

A família de Jules Bianchi quer que a FIA (Federação Internacional Automóvel) e a equipa Marussia reconheçam a sua responsabilidade no acidente que provocou a morte do piloto de Formula 1.

Os advogados da família do jovem piloto francês, que faleceu há um ano na sequência de um acidente no Grande Prémio do Japão de 2014, fizeram saber, esta quarta-feira, à margem do Grande Prémio do Mónaco, que vão avançar com uma ação na justiça contra os dirigentes da Formula 1, a equipa pela qual o piloto corria e a FOM (Formula One Management), detentora dos direitos televisivos.

Jules Bianchi teve o acidente no circuito de Suzuka a 5 de Outubro de 2014. Foi colocado em coma durante 9 meses, e faleceu a 17 de Julho de 2015.

Com esta ação, os pais Jules Bianchi querem que os erros cometidos, ao nível de segurança, que levaram à morte do seu filho sejam claramente identificados.

Como parte da sua luta, os pais de Jules Bianchi criaram uma sociedade especialmente concebida para acompanhar os jovens pilotos até ao mais alto nível.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte