Última hora

Em leitura:

Libertação de Nadiya Savchenko foi inesperada

mundo

Libertação de Nadiya Savchenko foi inesperada

Publicidade

A libertação de Nadiya Savchenko foi uma surpresa para o seu advogado russo. De acordo com Mark Feygin, o entendimento para a troca de prisioneiros foi forjado na noite anterior à da libertação, durante uma conversa telefónica entre os dirigentes dos países que compõem o chamado Formato da Normandia: Alemanha, França, Rússia e Ucrânia.

O advogado acrescentou: “Nadiya não queria que o regresso à Ucrânia resultasse de um perdão. Era a sua decisão. Enviou-nos os papéis para impedir que pedíssemos um indulto. A decisão pertenceu a Putin mas foi influenciado pelos restantes dirigentes do Formato da Normandia.”

Nadiya Savchenko foi libertada esta quarta-feira depois de ter sido condenada pela justiça russa a 22 anos de prisão. A Ucrânia libertou dois ex-militares russos em troca.

Quanto ao futuro da piloto, o analista político Volodymyr Fesenko explica que “os políticos e os partidos vão tentar apropriar-se de Savchenko porque enquanto esteve detida transformou-se num símbolo da resiliência e do patriotismo ucraniano, o que lhe granjeou um grande capital político. Alguém vai tentar lucrar com essa situação!”

“A libertação de Nadiya Savchenko ocorreu antes da cimeira do G7 ter começado e as sanções à Rússia eram um dos pontos da agenda. Mas os dirigentes do G7 já afirmaram que este gesto é insuficiente para aliviar as medidas de coação. As sanções só poderão ser levantadas se os acordos de Minsk forem totalmente implementados” – conclui a correspondente da euronews em Kiev, Maria Korenyuk.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte