Última hora

Putin conclui visita à Grécia com peregrinação ao Monte Athos.

No segundo dia de visita à Grécia, Vladimir Putin visitou a comunidade monástica do Monte Athos, um dos mais sagrados lugares do cristianismo ortodoxo, para se juntar à celebração do milésimo aniversá

Em leitura:

Putin conclui visita à Grécia com peregrinação ao Monte Athos.

Tamanho do texto Aa Aa

No segundo dia de visita à Grécia, Vladimir Putin visitou a comunidade monástica do Monte Athos, um dos mais sagrados lugares do cristianismo ortodoxo, para se juntar à celebração do milésimo aniversário da presença russa ali.

allviews Created with Sketch. Point of view

"A Grécia pode ser uma ponte de amizade e de cooperação entre a Rússia e a União Europeia"

Alexis Tsipras Primeiro ministro grego

O presidente russo assistiu a um serviço religioso em sua honra em Karyes, o centro administrativo da remota região, onde o acesso é feito apenas por barco.

O Monte Athos engloba 20 mosteiros e é interdito a mulheres e simboliza os estreitos laços religiosos entre Rússia e Grécia.

No decorrer da visita, Putin encontrou-se com o seu homólogo grego, Prokopis Pavlopoulos e foi acompanhado pelo Patriarca Kirill, chefe da Igreja Ortodoxa Russa.

Numa conferência de imprensa anterior à visita, o primeiro ministro grego sublinhou o papel de Atenas face a Moscovo na União Europeia, declarando: “Todos podem reconhecer que não existe futuro para a Europa com a União Europeia e a Rússia em rivalidade. Assim, a utilidade da Grécia baseia-se no facto de poder ser uma ponte de amizade e cooperação.”

Ambos os líderes visitaram o museu cristão e bizantino em Atenas, naquela que foi a primeira visita bilateral de Putin a um estado membro da União Europeia em mais de um ano.

O fortalecimento de relações entre os dois países foi consubstanciado na assinatura de acordos económicos entre os dois países.