This content is not available in your region

Crise migratória: pelo menos 700 mortos em naufrágios no Mediterrâneo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Crise migratória: pelo menos 700 mortos em naufrágios no Mediterrâneo

<p>A <a href="http://www.tsf.pt/internacional/interior/pelo-menos-700-mortos-em-naufragios-no-mediterraneo-esta-semana-5198574.html">Agência das Nações Unidas para os Refugiados fala em mais de 700 mortos</a> nos últimos dias, entre as quais pelo menos 40 crianças, algumas delas recém-nascidas, com base em testemunhos de sobreviventes. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">Sunday counting victims. Macabre exercise:will the world realize the over 700 pp would have deserved a safe passage? <a href="https://t.co/c8Puo3ktkF">pic.twitter.com/c8Puo3ktkF</a></p>— Carlotta Sami (@CarlottaSami) <a href="https://twitter.com/CarlottaSami/status/736833741297963009">29 mai 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Os barcos da guarda costeira italiana que asseguram a sobrevivência de migrantes, transportam também os corpos que se conseguem resgatar ao Mediterrâneo. </p> <p>Autoridades italianas anunciaram a recuperação de 45 corpos, numa operação de salvamento que envolveu mais de 500 migrantes.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/SAR?src=hash">#SAR</a> <span class="caps">ITS</span> Vega <a href="https://twitter.com/hashtag/MarinaMilitare?src=hash">#MarinaMilitare</a> towards the Italian coast with 629 <a href="https://twitter.com/hashtag/migrants?src=hash">#migrants</a> and 45 corpses – follow updates about the port of arrival</p>— Marina Militare (@ItalianNavy) <a href="https://twitter.com/ItalianNavy/status/736440407198998529">28 mai 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>A polícia italiana anunciou a detenção,esta sexta feira, de quatro traficantes de pessoas no porto de Pozzalllo. </p> <p>Um deles, de origem sudanesa, é alegadamente responsável por um naufrágio ao largo da Líbia que terá vitimado perto de meio milhar de pessoas. O homem foi identificado por sobreviventes.</p> <p>Segundo o Centro de Operações da Guarda Costeira Italiana em Roma, nos últimos 3 dias mais de 10 mil migrantes foram resgatados, em múltiplas operações de salvamento.</p> <p>A onda migratória em direcção à costa italiana é cada vez maior.</p>