Última hora

Em leitura:

França: Comboios em greve por tempo indeterminado a 9 dias do Euro2016

mundo

França: Comboios em greve por tempo indeterminado a 9 dias do Euro2016

Publicidade

A nove dias do pontapé de saída do Europeu de futebol arrancou uma greve por tempo indeterminado na SNCF, a empresa pública de caminhos-de-ferro, em França.

Segundo a companhia, entre 40 a 60% dos comboios não circulam e os atrasos nas partidas vão-se acumulando.

Um porta-voz da SNCF recordava, esta quarta-feira de manhã, que a greve deverá “durar vários dias” e que o trânsito de composições continuará a ser afetado. Quanto a uma data para o final da paralisação, Julien Dehornoy afirma que isso irá “depender dos avanços nas conversas entre os sindicatos e a direção” da empresa.

Naturalmente, os passageiros são os grandes prejudicados com a greve, mas um cliente, que nos últimos cinco anos apanha diariamente o comboio para o trabalho, afirma que desta vez está mais “tolerante” com a paralisação.

Já uma turista da Argentina não conseguia conter as lágrimas na Gare de Lyon, em Paris, depois de se ter enganado na estação e acabado por perder o comboio que pretendia apanhar.

Tendo por pano de fundo a polémica nova lei do trabalho, a greve foi convocada para pressionar o governo a reabrir as negociações sobre o contrato coletivo de trabalho no setor ferroviário.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte