Última hora

Em leitura:

Nos grandes ecrãs da Europa: Stefan Zweig, a vida amorosa de uma adolescente portuguesa, uma comédia francesa e arte

cinema

Nos grandes ecrãs da Europa: Stefan Zweig, a vida amorosa de uma adolescente portuguesa, uma comédia francesa e arte

In partnership with

“Vor der Morgenröte” ou, em tradução livre, “Antes do Amanhecer”, de Maria Schrader, estreia esta semana na Alemanha.
O filme conta a história do escritor austríaco, Stefan Zweig, que fugiu para o Brasil durante a ascensão de Hitler ao poder e se suicidou em 1942. Um olhar sobre a vida de um homem dividido entre a esperança e o desespero.

“John From”, de João Nicolau, conta a história de Rita, uma adolescente de 15 anos, que, entre o tédio de passar o verão em casa e a vida de bairro com os amigos, se apaixona pelo vizinho, um fotógrafo mais velho do que ela. O que começa por ser um jogo transforma-se numa paixão escaldante e Rita deixa de conseguir distinguir a realidade da fantasia.

Em França, há motivo para rir nas salas de cinema.
A comédia mais recente de Eric Lavaine, “Isto Só a Mim!”, (“Retour chez ma mère”, em francês) conta a história de uma arquiteta de sucesso que, após perder o pai, o negócio, divorciar-se do marido e perder a custódia do filho, se vê obrigada a voltar para casa da mãe.
O filme estreia nas salas de cinema portuguesas, dia 1 de setembro.

“El Bosco, el jardin de las delicias” é um documentário sobre o tríptico “O Jardim das Delícias Terrenas” de Hieronymus Bosch do século XVI.
Uma reflexão entre artistas, escritores, filósofos, músicos e cientistas sobre o significado pessoal, histórico e artístico do trabalho de arte.
Entre os comentadores estão o escritor Salman Rushdie, o historiador John Elliott e músico William Christie.

Artigo seguinte