Última hora

Em leitura:

"Sickhouse", um filme gravado através de Snapchat


cinema

"Sickhouse", um filme gravado através de Snapchat

“Sickhouse” é um filme de terror gravado só e apenas através da aplicação de telemóvel Snapchat. Uma estreia, de acordo com os produtores.

O filme conta a história de um grupo de amigos obcecado com as redes sociais, que se aventura numa viagem pela floresta para explorar uma cabana abandonada que dizem estar assombrada.

Esta nova tecnologia mostrou ser um desafio para os atores.

“É muito diferente porque inicialmente não estava a atuar, estava a ser eu própria porque estava a usar o meu Snapchat. Portanto, tive de começar por ser eu própria e encarnar a personagem gradualmente. Foi interessante fazer essa troca sem as pessoas repararem – presumo. E, sim, gravar de uma só vez… Poderíamos, obviamente, ter repetido, mas gravamos apenas uma vez, mesmo quando gostávamos, mas pensávamos que conseguíamos fazer melhor. No Snapchat não se pode gravar e depois voltar atrás. Foi complicado, mas fizemos com que funcionasse”, diz Andre Russett, atriz no filme e celebridade das redes sociais com mais de 2 milhões de subscritores no YouTube e seguidores no Twitter.

SICKHOUSE -- The Made for Mobile Movie from Indigenous Media on Vimeo.

“Sickhouse” foi gravado em cinco dias através de iPhones. A estreia foi feita através do Snapchat de Andrea Russett. O número de visualizações ultrapassou os 100 milhões e encontra-se agora disponível na plataforma de partilha de vídeos, Vimeo.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Nos grandes ecrãs da Europa: Stefan Zweig, a vida amorosa de uma adolescente portuguesa, uma comédia francesa e arte

cinema

Nos grandes ecrãs da Europa: Stefan Zweig, a vida amorosa de uma adolescente portuguesa, uma comédia francesa e arte