Última hora

Em leitura:

"Merci Patron!": o sucesso do documentário semi-humorístico sobre a deslocalização das empresas

cinema

"Merci Patron!": o sucesso do documentário semi-humorístico sobre a deslocalização das empresas

Em parceria com

A pequena produção independente “Merci Patron!” tornou-se num verdadeiro fenómeno de popularidade, em França. O documentário foi visto por meio milhão de espetadores nas salas de cinema. No festival de Cannes, os direitos de difusão da obra foram vendidos a vários países europeus.

O filme retrata as consequências sociais da deslocalização das empresas e mostra o caso de um casal de operários do grupo de luxo LVMH que perdeu o emprego devido a deslocalização da empresa. O casal arrisca-se a perder a casa. O realizador francês vai ajudá-los a por em prática um plano para que o patrão do grupo, o homem mais rico de França, lhes dê dinheiro.

O filme é uma espécie de “David contra Golias” dos tempos modernos e, apesar da gravidade do tema, está recheado de momentos de humor.

François Ruffin é chefe de redação de um pequeno jornal independente de esquerda e faz parte do grupo de militantes que lançou, em fevereiro, o movimento de protesto contra a proposta de revisão do código laboral francês. Ao mesmo tempo, o realizador tem percorrido a França para apresentar o filme e debater com os espetadores.

Quem aprecia o cinema do realizador norte-americano Michael Moore vai certamente gostar de “Merci Patron!”. O filme tem estreia prevista em Espanha, na Bélgica, na Holanda, na Suíça e no Canadá.

Artigo seguinte