Última hora

Em leitura:

Paris em alerta com inundações históricas

mundo

Paris em alerta com inundações históricas

Publicidade

Há mais de trinta anos que o rio Sena não atingia um nível tão alto em Paris.

Segundo o Ministério do Ambiente francês, o pico da enchente pode vir a acontecer durante a noite de sexta-feira, sendo expectável que suba até 6,30m ou 6,50m.

Os Museus do Louvre, d´Orsay e Grand Palais foram obrigados a fechar as portas, assim como a Biblioteca Nacional.

Os museus do Louvre e d’Orsay retiraram, por segurança, as obras de arte e os artefactos preciosos que se encontravam em arrecadações subterrâneas.

Entretanto, aqueles que necessitam de circular na capital francesa, precisam de uma boa dose de paciência.

O trânsito está caótico, há estações de metro encerradas, estradas cortadas, comboios que não circulam.

Tal como em mais doze departamentos, Paris está em alerta laranja. O alerta vermelho será ativado caso o nível da água no Rio Sena passe os 7,13 m.

Na capital francesa, as inundações fazem-se sentir um pouco por todo o lado: Praças, caves, parques de estacionamento e alguns rés-do-chão, especialmente no 16° bairro, foram invadidos pela água.

A câmara de Paris anunciou a abertura de dois ginásios para acolher pessoas sem-abrigo.

A nível nacional, as inundações deixaram cerca de 20.000 casas sem energia elétrica.

Desde o último fim de semana, 20.000 pessoas foram resgatadas em 16.000 intervenções em todo o território.

Os danos provocados pela enchente no conjunto dos departamentos franceses afetados devem ascender a pelo menos 600 milhões de euros, informou o presidente da Associação Francesa de Seguros, Bernard Spitz

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte