Última hora

Em leitura:

Relações entre Alemanha e Turquia agravam-se por causa de massacre arménio

mundo

Relações entre Alemanha e Turquia agravam-se por causa de massacre arménio

Publicidade

As relações entre a Alemanha e a Turquia agravam-se.

O primeiro-ministro turco, Binaly Yildrim, afirmou que o Parlamento germânico cometeu um erro ao ceder ao “lóbi arménio” aprovando, na quinta-feira, uma resolução onde declara como “genocídio” o massacre de arménios em 1915 por parte das forças otomanas.

Durante a conferência de imprensa, o primeiro-ministro ressalvou, no entanto, que não se deve “esperar que as relações de repente se deteriorem completamente por causa dessa decisão ou de decisões semelhantes”.

No dia da votação, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan advertiu que o ato iria afetar as relações turco alemãs, chamando a Ancara o embaixador em Berlim, para conversações.

A chanceler alemã, Angela Merkel, considerou que faz parte da democracia abordar questões difíceis e expressou o desejo de que a Alemanha possa contribuir para impulsionar o diálogo entre a Turquia e a Arménia.

Centenas de pessoas protestaram em frente ao consulado germânico, em Istambul, condenando a ação do Parlamento Alemão.

A resolução do Bundestag pode colocar em riso o acordo entre a União Europeia e Turquia para conter o fluxo de refugiados a troco, por exemplo, de seis mil milhões de euros e isenção de vistos para os cidadãos turcos que queiram viajar para a Europa.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte