Última hora

Em leitura:

França/Inundações: Águas começam a baixar

mundo

França/Inundações: Águas começam a baixar

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Depois de terem galgado as margens e ultrapassado os 6 metros, na última noite, as águas do rio Sena vão baixando lentamente, em Paris.

As chuvas dos últimos dias provocaram inundações, por toda a França. De acordo com as autoridades, 4 pessoas morreram, mais de duas dezenas ficaram feridas e os bombeiros registaram mais de 17 mil ocorrências.

O primeiro-ministro francês assegura que aos poucos o país vai voltando à normalidade.

“As operações de socorro devem continuar até segunda-feira, pelo menos. Antes, espero que as coisas retornem, aos poucos, à normalidade”, afirma Manuel Valls.

A sul, a 16 quilómetros da capital, nos subúrbios de Villeneuve-Saint-Georges, as águas ultrapassaram um metro e cinquenta centímetros.

Milhares de edifícios ficaram inundados e milhares de pessoas tiveram de ser retirados das suas casas.

Os habitantes da área dizem estar habituados às intempéries e tentam ultrapassá-las, com alguma resignação.

“São os elementos naturais. Não podemos lutar. A casa já foi inundada várias vezes e nunca caiu, por isso, são danos materiais e não humanos. Não temos escolha. Temos de persistir”, diz um francês.

Os estragos causados pelas inundações, em França, não estão ainda calculados.

Segundo a associação francesa de agências de seguros, os custos para as companhias podem atingir os 600 milhões de euros.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte