Última hora

Em leitura:

Alemanha: presidente não vai lutar por segundo mandato

mundo

Alemanha: presidente não vai lutar por segundo mandato

Publicidade

O presidente alemão Joachim Gauck anunciou que não vai lutar por um segundo mandato em 2017. Se o cargo de chefe de Estado é essencialmente honorário na Alemanha, o anúncio deixa antever uma “confrontação antecipada” entre os parceiros da coligação governamental, que a chanceler Angela Merkel teria certamente preferido evitar.

Gauck, de 76 anos, disse que a sua idade “não permite garantir a energia e vitalidade para outros cinco anos”. O presidente alemão frisou que “a forma como cada um olha para a sua idade é um assunto bastante individual e pessoal”, acrescentando que, para ele, esta foi a “decisão” que escolheu.

Merkel reagiu ao anúncio indicando que uma decisão sobre o nome do candidato para a sucessão só será tomada no Outono, depois de dois escrutínios regionais importantes, um deles em Berlim.

A chanceler reconheceu que “preferia que ele fizesse um segundo mandato”, mas disse “respeitar a decisão” e agradeceu a Gauck “por todo o trabalho que fez e que continuará a fazer nos meses que ainda se manterá no cargo”.

A quinze meses de eleições legislativas, parece excluída a possibilidade de um candidato presidencial que satisfaça tanto os conservadores da CDU, como os social-democratas do SPD, os dois parceiros da grande coligação de Merkel.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte