Última hora

Em leitura:

Extrema-direita austríaca recorre do resultado das presidenciais

mundo

Extrema-direita austríaca recorre do resultado das presidenciais

Publicidade

A extrema-direita austríaca interpôs um recurso para contestar os resultados das eleições presidenciais de 22 de maio.

O líder do Partido da Liberdade FPÖ afirma terem existido inúmeros erros e irregularidades na contagem dos votos por correspondência e que isso terá feito o candidato Norbert Hofer perder reduzida para o ecologista Alexander Van der Bellen por uma margem reduzida – uma diferença de pouco mais de 30 mil votos num universo eleitoral de 4,6 milhões.

O Tribunal Constitucional deverá apresentar uma decisão até 08 de julho, dia em que toma posse o novo Presidente da Áustria.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte