Última hora

Em leitura:

Espanha: Começou a campanha eleitoral

mundo

Espanha: Começou a campanha eleitoral

Publicidade

Começou a campanha para eleições legislativas espanholas, repetição das ocorridas em dezembro.

E o Podemos vai obter importantes ganhos. Pelo menos é o que diz uma sondagem com uma amostra de 17.600 pessoas. Pode conquistar mais 10 deputados no congresso.

De resto, em linha com o resultado do escrutínio anterior, que resultou num falhanço em dotar o país de um governo, o Partido Popular de Mariano Rajoy, vai ser a formação mais votada. O ainda primeiro-ministro está obrigado a conseguir uma grande coligação com os socialistas e os liberais do Ciudadanos, já que o Podemos recusará esse cenário, como o fez antes.

Difícil continua a ser o caminho dos Socialistas, já que estará em queda livre e com um cenário pós eleitoral complicado. As sondagens atribuem-lhe o terceiro lugar, atrás do Podemos.

Analistas estimam que PSOE poderá enfrentar uma extinção como aconteceu com o Pasok na Grécia. O partido terá que optar entre coligar-se e dar um perigoso espaço político ao Podemos, por um lado, e, por outro, fazer concessões ao Partido Popular em termos de austeridade, e alienar a sua ala mais à esquerda.

A quarta força mais votada, mas não negligenciável, para a estabelecer uma coligação governamental, é o Ciudadados.

Em Espanha, vira o disco político e toca o mesmo? Ficar-se-á a saber após voto de 26 de junho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte