Última hora

Em leitura:

Autoridades francesas prometem mais segurança depois dos confrontos de Marselha

mundo

Autoridades francesas prometem mais segurança depois dos confrontos de Marselha

Publicidade

Após os violentos tumultos registados entre adeptos russos, ingleses e russos no estádio e na cidade de Marselha, antes, durante e depois do jogo de sábado, a Rússia e a Inglaterra foram ameaçadas de desclassificação pela UEFA em caso de mais atos de violência.

As autoridades francesas, por seu lado, efetuaram 116 detenções por violência, que resultaram em três expulsões do território desde o início do campeonato da Europa de futebol Euro 2016. Desde sexta-feira, e de acordo com um comunicado da polícia, 63 ficaram sob custódia das autoridades.

O Ministério do Interior francês (Administração Interna) referiu que foram ordenadas “três expulsões de adeptos violentos” e várias proibições de entrada no país de indivíduos estrangeiros considerados como potenciais perturbadores da ordem pública.

Bernard Cazeneuve, ministro da Administração Interna disse também que foi proibida a venda de álcool de forma a reduzir a possibilidade de que novos tumultos venham a ocorrer.

“As autoridades locais já impuseram restrições na venda, no transporte e no consumo de álcool. Pedi-lhes que levassem a cabo um conjunto de medidas no sentido de proibir a venda, o consumo e o transporte de bebidas alcoólicas em áreas consideradas críticas nos dias anteriores aos encontros e durante os jogos e quando as chamadas fan zones estiverem abertas,” disse o ministro.

As autoridades francesas, que fizeram um primeiro balanço após três dias de competição, disseram que iriam ser intensificadas as ações de segurança “durante todo o torneio e sempre que tal o exija”.

Os confrontos entre adeptos de futebol em Marselha deixaram mais de 30 feridos, um dos quais ficou em estado grave.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte