Última hora

Em leitura:

Euro 2016: Espanha entra a ganhar

the corner

Euro 2016: Espanha entra a ganhar

Publicidade
  • Espanha 1-0 República Checa
  • *Irlanda 1-1 Suécia *
  • Bélgica X-X Itália
  • A Espanha não vencia o jogo de abertura de uma fase final desde 2008

Cabeçada de Piqué dá vitória à Espanha

A bicampeã Espanha saiu vitoriosa da partida contra a República Checa em Toulouse, no segundo jogo do Grupo D, que no domingo tinha registado a vitória da Croácia sobre a Turquia (1-0).

A seleção espanhola, atual campeã da Europa, teve de insistir para superar a resitência dos checos, mas garantiu uma vitória por 1-0 aos 43 minutos do segundo tempo.

Gerard Piqué marcou de cabeça depois de um cruzamento perfeito do companheiro de Barcelona Andrés Iniesta, deixando o guarda-redes Petr Cech desarmado.

Este foi um encontro inédito na história dos Europeus, já que as duas seleções nunca se defrontaram numa fase final.

A Espanha vence em fases finais de Europeus há 12 jogos, um recorde na prova. A última derrota foi frente a Portugal, em 2004.

A formação espanhola não sofreu qualquer golo nos cinco últimos jogos realizados em Europeus.


Irlanda e Suécia arrancam com empate

As seleções da República da Irlanda e da Suécia empataram esta segunda-feira por um golo, em Saint-Denis, no confronto que abriu a primeira jornada do Grupo E do Euro 2016.

No primeiro tempo, a Irlanda desperdiçou umas quantas ocasiões de golo, face a uma Suécia sem garra ofensiva.

A Irlanda inaugurou o marcador com um golo de Seamus Coleman aos 48 minutos de jogo.

Um auto-golo de Ciaran Clark deu o empate à Suécia, aos 72, depois de Ibrahimovic ter entrado na área cruzando para o primeiro poste.

A última vez que as duas seleções se defrontaram foi há quase três anos, na qualificação para o Mundial do Brasil. A Suécia venceu em Dublin por 1-2, mas as duas seleções ficaram fora da fase final.

Esta foi a primeira vez que as duas seleções se encontram numa fase final de uma grande competição.

Ibrahimovic é um dos goleadores das fase finais de Europeus e marcou sempre no primeiro jogo de cada edição em que participou (2004 frente à Bulgária, 2008 à Grécia e em 2012 contra a Ucrânia).


Itália e Bélgica

A Itália impôs-se à Bélgica por 2-0 no jogo que fechou o quarto dia do Campeonato da Europa, em Lyon.

Aos 32 minutos de jogo, Bonucci, nas costas da defesa belga, dominou na perfeição a área e, aproveitando a saída de Courtois dos postes, com um passe certeiro atirou a matar.

Aos 54 minutos Lukaku poderia ter feito o empate. O belga surgiu isolado e tentou golear acima de Buffon, mas a bola acabou por sair.

Logo a seguir, Courtois fez uma grande defesa de um cabeceamento de Graziano Pellè.

O atacante italiano pagou a dívida aos 92 minutos, aproveitando um cruzamento de Candreva para reforçar a vitória dos azuis.

A Bélgica e a Itália são velhos adversários, com 21 confrontos jogados. A Squadra Azzurra conta grande vantagem no duelo, com 13 vitórias, enquanto os belgas só triunfaram por quatro vezes.

As duas seleções enfrentaram-se recentemente, em novembro do ano passado, numa partida que deu a vitória à Bélgica por 3-1.

A Itália é cabeça de tabela, com três pontos. Seguem-se Suécia e a Irlanda, com um. A Bélgica é última, sem qualquer ponto.

Três lições a reter:

  • A Espanha não perdeu nenhum dos cinco últimos jogos frente ao rival checo
  • Desde que existe fase de grupos em Europeus (1980), a Bélgica nunca perdeu na estreia na competição
  • As três vitórias da República da Irlanda sobre a Suécia aconteceram em jogos amigáveis

O programa de terça-feira

O Portugal-Islândia, referente à primeira ronda do grupo F do Europeu, está marcado para as 20h00 de terça-feira.

O selecionador da Islândia, Lars Lagerbäck, mostrou-se confiante numa boa prestação da equipa na fase de grupos e avançou que os seus jogadores vão apostar na rapidez.

Em 8.º lugar no ranking FIFA, a selecção nacional tem no ataque o trunfo principal – Cristiano Ronaldo. Reforçado por Nani, Quaresma ou João Mário.

Do Grupo F, fazem também parte a Áustria e a Hungria, que se defrontam em Bordéus no mesmo dia, mas às 18h00 (17h00 em Lisboa).


Estrela do dia

“A bola não queria entrar”, disse após o encontro desta segunda-feira em Toulouse o autor do golo que deu a vitória à Espanha diante da República Checa, o central Gerard Piqué.

Em declarações à imprensa espanhola, Piqué disse que teve sorte de marcar, acrescentando que a seleção da Espanha jogou muito bem.


O dia nas redes sociais


O dia em fotos

Euro 2016: day 4 as it happens

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte