Última hora

Brexit: Grandes bancos reforçam plantão para o referendo

Os maiores bancos do mundo, incluindo o Citi e o Goldman Sachs, vãpo reforçar os turnos de serviço durante a noite que se seguirá ao referendum da Grã-Bretanha sobre a adesão à UE, tentando prevenir u

Em leitura:

Brexit: Grandes bancos reforçam plantão para o referendo

Tamanho do texto Aa Aa

Os maiores bancos do mundo, incluindo o Citi e o Goldman Sachs, vãpo reforçar os turnos de serviço durante a noite que se seguirá ao referendum da Grã-Bretanha sobre a adesão à UE, tentando prevenir um período de 24 horas que consideram o mais volátil para os mercados no último quarto de século.

Os grandes bancos prevêm que uma vitória da proposta de saída da União Europeia dia 23 de Junho instale o pânico entre os investidores, criando uma situação de incerteza sobre o futuro do Reino Unido e da sua economia.

Citi C.N, Deutsche Bank DBKGn.DE, JPMorgan JPM.N, Goldman Sachs GS.N, HSBC HSBA.L, Barclays BARC.L, Royal Bank of Scotland RBS.L e Lloyds LLOY.L estão entre os bancos que pretendem reforçar com funcionários experimentados o plantão em Londres quando os resultados do referendo começarem a ser conhecidos.