Última hora

Em leitura:

Euro 2016: Rússia acusa França de ter violado Convenção de Viena

mundo

Euro 2016: Rússia acusa França de ter violado Convenção de Viena

Publicidade

Moscovo está indignada com as autoridades francesas por não terem informado as congéneres russas da detenção de 40 adeptos russos, suspeitos de participação nas cenas de violência em Marselha no sábado.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, acusa a França de ter violado a convenção de Viena.

“As autoridades francesas estavam obrigadas a informar a nossa embaixada ou o nosso Consulado-geral de Marselha quando as detenções foram feitas. É um facto de que os franceses agiram em violação de todos os compromissos da Convenção de Viena e já transmiti verbalmente ao ministro dos Negócios Estrangeiros francês para que isto não se repita”, declarou Lavrov.

Mau estar diplomático. O embaixador francês em Moscovo foi convocado pelo Kremlin para exigir o fim daquilo a que os russos chamam de atitude discriminatória em relação aos seus adeptos.

Paris anunciou que Moscovo foi confrontada com a realidade dos factos.

No sábado, ingleses e russos envolveram-se em violentos confrontos. 35 pessoas ficaram feridas. Um adepto inglês ficou em coma depois de ter agredido na cabeça com uma barra de ferro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte