Última hora

Última hora

Richard Ford vence Prémio de Literatura Princesa das Astúrias 2016

Richard Ford, escritor norte-americano de 72 anos, é o vencedor do Prémio de Literatura Princesa das Astúrias.

Em leitura:

Richard Ford vence Prémio de Literatura Princesa das Astúrias 2016

Tamanho do texto Aa Aa

Richard Ford, escritor norte-americano de 72 anos, é o vencedor do Prémio de Literatura Princesa das Astúrias.

Reunidos em Oviedo, os elementos do júri consideraram que “o cuidado com os detalhes nas descrições, o olhar sombrio e denso sobre a vida de seres anónimos e invisíveis, conjugam a desolação e a emoção dos seus relatos. Tudo isto converte Ford num narrador profundamente contemporâneo e, ao mesmo tempo, no grande cronista do mosaico de histórias cruzadas que é a sociedade norte-americana.”

Richard Ford nasceu em Jackson, no estado do Mississípi em 1944 e é atualmente um dos mais notáveis escritores da literatura contemporânea.

Começou por estudar direito, mas o gosto pelas letras falou mais alto. Em 1970, terminava o mestrado em Escrita pela Universidade da Califórnia.

Escreveu para várias revistas, incluindo a Inside Sports. Revista de desporto que o influenciou na escrita de “O Jornalista Desportivo”, nomeado um dos cinco melhores livros do ano pela Time em 1986.

Entre as obras destacam-se: “Um pedaço do meu coração” (1976) e “Canadá” (2012).

Richard Ford é o único escritor distinguido com os prémios Pulitzer e Pen/Faulkner para uma mesma obra – “Dia da Independência” (1996).

Os vencedores dos 8 prémios receberão galardões, no valor de 50 mil euros e uma reprodução de uma escultura de Joan Miró. Serão entregues em outubro, no Teatro Campoamor, numa cerimónia presidida pelos reis de Espanha.