Última hora

Em leitura:

Encontrado "intacto" o corpo da criança atacada por aligátor na Florida

mundo

Encontrado "intacto" o corpo da criança atacada por aligátor na Florida

Publicidade

O corpo do pequeno Lane Graves, a criança norte-americana de dois anos de Elkhorn, Nebraska, que tinha sido atacada por um aligátor ou jacaré-americano numa das praias do parque temático da Disney World e arrastada para dentro de um lago artificial, foi recuperado por uma equipa de mergulhadores. Lane foi encontrado cerca de 16 horas depois de ter sido dado o alerta pelo seu desaparecimento no lago artificial de Seven Seas Lagoon.

O xerife Jerry Demings disse que, ao parecer, o animal afogou a criança e deixou o corpo perto do local onde tinha sido visto pela última vez. Espera-se que seja realizada uma autópsia muito em breve.

As autoridades disseram que o ataque foi um acontecimento extremamente raro, ainda que existam mais de 1 milhão de aligatores em toda a Florida.
A Disney World tinha mandado fechar todas as praias no início da busca. Não se sabe ainda quando voltarão a abrir

Ainda que existam na zona avisos sobre a proibição de nadar, a verdade é que não existe qualquer referência sobre a existência de aligátores, o que levou a empresa a dizer que “vai rever a situação”.

A polícia diz que vai ainda investigar o caso para saber se os pais poderiam vir a ser acusados de negligência, mas tudo aponta para que tal não venha a acontecer.

A criança encontrava-se na beira do lago quando foi atacada pelo animal. O pai tentou então, desesperadamente, lutar contra o aligator, tendo sofrido lesões numa mão, mas nem ele, nem um salva-vidas que se encontrava no local conseguiram salvar o filho. Segundo várias testemunhas, o aligator deveria ter entre um e dois metros.

A praia onde a criança foi atacada fica na estância de luxo Grand Floridan, perto do parque temático Magic Kingdom (Reino Mágico), da Disney.

A Florida é o terceiro estado mais populoso dos Estados Unidos, mas os ataques dee aligátores são raros. Desde 1973, 23 pessoas morreram em ataques deste tipo, de acordo com as estatísticas oficiais.

A notícia da morte do pequeno Lane é apenas mais uma das tragédias que têm abatido o estado da Florida nos últimos dias. Domingo, um homem matou 49 pessoas e deixou 53 feridos ao abrir fogo numa discoteca LGBT, na cidade de Orlando, no que é considerado como o maior ataque deste tipo em toda a História dos Estados Unidos, Christina Grimmie, concorrente do programa The Voice, foi morta a tiro no sábado quando se encontrava a assinar autógrafos, também na cidade de Orlando.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte