Última hora

Em leitura:

Euro 2016: Nulo no Alemanha-Polónia, Ucrânia é a primeira equipa eliminada

the corner

Euro 2016: Nulo no Alemanha-Polónia, Ucrânia é a primeira equipa eliminada

Publicidade
  • Alemanha 0-0 Polónia
  • Milik esteve desastrado na finalização
  • Ucrânia 0-2 Irlanda do Norte
  • McAuley e McGinn foram os marcadores de serviço
  • Inglaterra 2-1 País de Gales
  • Sturridge foi o herói com golo depois da hora


O nulo que deixou toda a gente feliz

Alemanha e Polónia foram as protagonistas do primeiro empate a zero no Euro 2016. Tal como o resultado indica, o encontro foi pautado pelo equilíbrio e pelas boas exibições de Manuel Neuer e Łukasz Fabiański entre os postes.

A estatística até dá um claro ascendente à campeã do mundo (15 remates contra apenas 7 dos polacos) mas a verdade é que as melhores ocasiões pertenceram aos polacos. Arkadiusz Milik, no entanto, esteve desastrado na finalização enquanto Robert Lewandowski voltou a ter uma atuação discreta.

À medida que o tempo foi passando, foi também diminuindo a vontade de correr riscos e foi sem surpresa que Björn Kuipers apitou para o final da partida com o nulo no marcador, o primeiro do Euro 2016.

Um resultado que acabou por deixar ambas as equipas satisfeitas. Afinal de contas, partilham a liderança do grupo C com quatro pontos e têm jogos teoricamente acessíveis na última jornada. A Alemanha defronta a Irlanda do Norte (a última derrota dos germânicos remonta a 1983) enquanto a Ucrânia mede forças com a já eliminada Ucrânia.

Três lições a reter:

  • A Mannschaft alcançou o primeiro empate a zero desde que Löw é selecionador
  • Thomas Müller tem dez golos em mundiais mas ainda não marcou num europeu
  • Polónia continua sem vencer Alemanha em grandes competições (5 jogos)

Irlanda do Norte faz história na chuva de Lyon

Gareth McAuley entrou para a história como o marcador do primeiro golo da Irlanda do Norte num campeonato da Europa. Um golo que abriu também caminho à primeira vitória, frente à Ucrânia, por 2-0. Nial McGinn estabeleceu o resultado final já nos descontos. Já a equipa ucraniana continua a zero. O jogo de Lyon ficou ainda marcado por uma interrupção de alguns minutos devido à queda de granizo.

Não se pode dizer que tenha sido um grande espetáculo de futebol, o primeiro tempo, sobretudo, foi para esquecer. A Ucrânia, que até tinha deixado boas indicações, esteve desastrada e nunca conseguiu ultrapassar a muralha defensiva da Irlanda do Norte. A equipa britânica, como é habitual, destacou-se pelo espírito de luta e ainda mostrou qualidade na posse de bola.

Marcou primeiro por McCauley, que cabeceou para o fundo das redes na sequência de um livre. Já nos descontos, McGinn estabeleceu o resultado final, aproveitando uma defesa incompleta de Andriy Pyatov.

A Irlanda do Norte, que se estreia na competição, continua na luta por um lugar nos oitavos-de-final. A Ucrânia ficou pelo caminho devido ao nulo entre Alemanha e Polónia.

A vitória que veio do banco

No jogo de abertura, a Inglaterra tinha visto os três pontos fugir no último suspiro do encontro graças a um golo de Vasili Berezutski para a Rússia. Esta quinta-feira inverteram-se os papéis, com a vitória da equipa inglesa frente ao País de Gales a surgir já depois do minuto noventa.

O primeiro golo da partida até pertenceu aos galeses. Gareth Bale aproveitou um livre direto no meio da rua para bater um desinspirado Joe Hart. Também desinspirados (uma vez mais) estiveram Raheem Sterling e Harry Kane, que já nem voltaram para o segundo tempo.

Nos seus lugares surgiram Jamie Vardy e Daniel Sturridge e os dois atacantes marcaram pontos na luta pela titularidade. Marcaram ambos e ofereceram o triunfo à equipa de Roy Hodgson, a primeira a dar a volta ao marcador no Euro 2016.


Estrela do dia

Aos 36 anos de idade e depois de uma carreira maioritariamente feita nos escalões secundários do futebol inglês, Gareth McAuley tornou-se herói nacional ao marcar o primeiro golo da Irlanda do Norte num Campeonato da Europa.


O programa de sexta-feira

Itália e Suécia darão o pontapé de saída esta sexta-feira em Toulouse. Zlatan Ibrahimović e companhia irão perseguir a primeira vitória a partir das 14h (hora de Lisboa). Três horas depois entram em campo República Checa e Croácia no Estádio Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne. O dia fica completo com o Espanha-Turquia, às 20h em Nice.


O dia em fotos

Euro2016 - Day 7

      Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

      tradução automática

      Artigo seguinte