Última hora

Em leitura:

Estado Islâmico em "debandada" de Fallujah

mundo

Estado Islâmico em "debandada" de Fallujah

Publicidade

Fallujah, no Iraque, já não está nas mãos do autoproclamado Estado Islâmico, mas ainda resiste.

Quase quatro semanas depois das forças governamentais apoiadas pela aviação internacional terem iniciado a ofensiva para reconquistar a cidade que fica a cerca de 60 quilómetros de Bagdade, os jihadistas terão ficado em debandada, anunciaram fontes oficiais iraquianas.

“O inimigo está em colapso, perdeu o controlo sobre os combatentes. Agora estão em fuga, alguns foram abatidos pelos bombardeamentos aéreos ou morreram em combates. Estimo que vão sofrer um esgotamento total nas próximas horas”, declarou o comandante das operações, o general Abdul Al-Shimmari.

A participação de milícias chiitas ao lado do exército iraquianao, criou receios de violência sectária. As autoridades já estarão a investigar alegadas execuções de sunitas em fuga da cidade.

Certo é o êxodo de milhares de pessoas a fugir dos violentos combates. O grupo Estado Islâmico mudou de tática e nos últimos dias autorizou, com recurso a megafones, a população a deixar a cidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte