Última hora

Em leitura:

Homenagem de Cameron e Corbyn à deputada assassinada

mundo

Homenagem de Cameron e Corbyn à deputada assassinada

Publicidade

De luto, o Reino Unido presta homenagem a deputada Jo Cox assassinada na quinta-feira com tiros e golpes de arma branca.

O primeiro-ministro, David Cameron, e o líder do partido trabalhista, Jeremy Corbin, renderam homenagem à mulher de 47 anos, em Birstall, onde ela viveu a infância e acabou por morrer.

“Hoje a nossa nação está em choque. E eu acho que este é o momento para recuarmos e pensar nalgumas coisas que são verdadeiramente importantes para este país, o facto de gostarmos e valorizarmos a nossa democracia, onde membros do parlamento estão entre o povo, respondem ao povo e estão disponíveis, foi assim que a Jo morreu. Morreu a cumprir as suas funções”, declarou Cameron.

“Ela era uma ativista pelos direitos humanos e pela justiça em todo o mundo. Ela foi-nos tirada por um ato de ódio um ato vil que a matou. Um ataque à democracia, foi o que aconteceu ontem. Foi o poço do ódio que a matou”, disse Corbyn.

As ações de campanha para o referendo permanecem suspensas, incluindo sábado.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte