Última hora

Em leitura:

Bélgica: PM diz que "situação está sob controlo" após vasta operação antiterrorista

mundo

Bélgica: PM diz que "situação está sob controlo" após vasta operação antiterrorista

Publicidade

Três meses depois dos atentados em Bruxelas, a polícia belga deteve, numa vasta operação antiterrorista realizada na última noite, 12 pessoas suspeitas de preparar ataques na Bélgica por ocasião do Euro 2016, na vizinha França.

Foram realizadas buscas em 16 comunas, essencialmente em Bruxelas, mas também na Flandres e na Valónia, sem que, no entanto, fossem encontradas armas ou explosivos. No total, 40 pessoas foram interrogadas, embora apenas 12 tenham sido mantidas em prisão preventiva.

Depois de uma reunião urgente do Conselho Nacional de Segurança, esta manhã, o primeiro-ministro belga afirmou que o país vai manter o nível de alerta atual – de 3 numa escala de 4.

Charles Michel explicou que o governo considerou “com base nas indicações do centro de crise, que devem ser mantidos os eventos” previstos. O chefe do governo defendeu que é preciso “continuar a viver normalmente” e garantiu que “a situação está sob controlo” e que “o trabalho dos investigadores está a funcionar, como provam as buscas conduzidas, com as autoridades a fazerem o seu trabalho na luta contra o terrorismo, impedindo atentados”.

Segundo meios belgas, os alvos potenciais em Bruxelas eram as chamadas “fan zones”, locais onde estão instalados grandes ecrãs para permitir aos apoiantes seguir os jogos, nomeadamente por ocasião do frente-a-frente deste sábado entre a seleção da Bélgica e a Irlanda.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte