Última hora

Cliff Diving: Gary Hunt vence em Copenhaga antes de rumar aos Açores

O telhado da Casa da Opera de Copenhaga, na Dinamarca, foi palco este sábado da segunda etapa do mundial de saltos para água em ambiente natural.

Em leitura:

Cliff Diving: Gary Hunt vence em Copenhaga antes de rumar aos Açores

Tamanho do texto Aa Aa

O telhado da Casa da Opera de Copenhaga, na Dinamarca, foi palco este sábado da segunda etapa do mundial de saltos para água em ambiente natural. Atual campeão do mundo de “cliff diving”, Gary Hunt estreou-se nas águas nórdicas a ganhar esta temporada.

Jonathan Paredes, o vencedor da primeira etapa do mundial realizada há duas semanas no Texas, Estados Unidos, voltou a conseguir um bom mergulho, mas desta feita não chegou para o mexicano vencer.

Kris Kolanus, por seu turno, quase fez uma surpresa. O polaco participou nesta prova com um “wild card” e ficou perto de se tornar no primeiro competidor não permanente a vencer uma prova do circuito masculino de “cliff diving”.

Kolanus ficou em segundo porque o ultimo a subir à plataforma não deu hipóteses. Depois de ter ficado em quarto no Texas, o campeão em título, Gary Hunt conquistou a preferência do júri em Copenhaga e subiu ao lugar mais alto do pódio.

Na geral do mundial, Paredes mantém-se na liderança, mas Hunt colocou-se agora em segundo. A próxima etapa do Mundial de “cliff diving” está marcada para nove de julho, em São Miguel, no arquipélago português dos Açores,