Última hora

Alemanha: Justiça investiga ex-patrão da VW em caso de falsificação de emissões

A Justiça alemã anunciou ter alargado as investigações do caso da falsificação das emissões poluentes dos motores diesel da Volkswagen, visando em particular o antigo patrão do grupo automóvel, Martin

Em leitura:

Alemanha: Justiça investiga ex-patrão da VW em caso de falsificação de emissões

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça alemã anunciou ter alargado as investigações do caso da falsificação das emissões poluentes dos motores diesel da Volkswagen, visando em particular o antigo patrão do grupo automóvel, Martin Winterkorn.

O ex-dirigente, que se demitiu em setembro de 2015, é suspeito de ter manipulado o mercado, não informando atempadamente os investidores acerca do escândalo que afetaria a empresa.

O procurador de Braunschwieg, Klaus Ziehe, explicou que “de acordo com as investigações e os documentos da Autoridade Federal de Supervisão Financeira, essa obrigação legal não foi satisfeita na altura devida. É acerca disso que há suspeitas”.

Winterkorn sempre negou ter conhecimento da manipulação sistemática de dados sobre as emissões de gases dos veículos a gasóleo da marca. Mas a Volskwagen revelou que o antigo presidente tinha sido informado em maio de 2014.

A procuradoria de Braunschwieg disse ter alargado também o inquérito a outra pessoa, sem indicar o nome. Segundo a imprensa alemã, trata-se de Herbert Diess, atual responsável da marca e ex-diretor da BMW.