Última hora

Em leitura:

Croácia vai a eleições antecipadas em Setembro

mundo

Croácia vai a eleições antecipadas em Setembro

Publicidade

Os deputados croatas aprovaram esta segunda-feira a dissolução do parlamento e a convocação de eleições antecipadas para Setembro, dias depois de terem retirado a confiança ao primeiro-ministro do país.

A dissolução, que põe fim a uma coligação de direita liderada pelos nacionalistas do HDZ há menos de cinco meses, foi aprovada por 137 votos a favor, dois votos contra e uma abstenção.

Os deputados tinham aprovado uma moção de censura contra o governo na quinta-feira, um dia após a demissão do vice-primeiro-ministro e presidente do HDZ, Tomislav Karamarko, acusado de ligações familiares a uma empresa petrolífera húngara.

O novo sufrágio deverá decorrer quase um ano após as últimas eleições terem dado uma maioria frágil ao HDZ, obrigado a formar uma coligação com o partido de centro-direita Most. Um cenário que deverá repetir-se, segundo as sondagens, nas próximas eleições.

O programa ultraconservador do executivo, da defesa dos valores católicos à relativização dos crimes do regime pró-nazi da segunda guerra, tinha levado milhares às ruas nas últimas semanas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte