Última hora

Em leitura:

Brexit deixou de assustar os mercados financeiros

economia

Brexit deixou de assustar os mercados financeiros

Publicidade

O Brexit deixou de fazer medo aos mercados financeiros internacionais. Depois do nervosismo inicial, a maior parte dos investidores parece ter optado por acreditar que o reino Unido vai continuar na União Europeia.

É o “efeito Jo Cox”: nos dias a seguir ao assassinato da deputada britânica, as bolsas recuperaram, o preço do petróleo voltou a subir e a libra recuperou terreno face ao dólar e o euro.

A libra registou uma subida ao longo da semana e esta quinta-feira atingiu o valor mais alto deste ano em relação ao dólar, nos 1,4844, antes do início da votação, apesar de todas as dúvidas sobre o que poderá acontecer à moeda caso vença o Brexit, ressalva Michael Ingram, analista da empresa de serviços financeiros BCG Partners:

“As coisas parecem estar muito bem. Os mercados estiveram bem durante a semana passada, tivemos a melhor semana para a libra dos últimos seis anos. Os mercados parecem estar a tomar muito a sério as casas de apostas que dão ao Brexit uma chance mínima, e as sondagens não permitem prever o resultado”.

A sessão bolsista arrancou positiva na Europa: com Londres a ganhar mais de 0,5%, Frankfurt a imitar, Paris a crescer quase 0,9%, e Milão, Madrid e Lisboa a subir cerca de 0,4%.

As preocupações ficam para amanhã. É assim também na bolsa de Frankfurt, segundo o analista Oliver Roth, da Capital Markets:

“Temos um ambiente bastante estável aqui na bolsa de Frankfurt. Aguardamos os resultados do referendo sobre o Brexit mas na convicção de que a Grã-Bretanha vai permanecer na União Europeia. Qualquer outra versão só nos traria um monte de problemas amanhã de manhã.”

Os mercados não gostam de surpresas e na Ásia os investidores puseram-se à defesa, entrincheirados no yen e nas dívidas públicas, com Tóquio a manter-se estável.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte