Última hora

Em leitura:

#Brexit: José Mourinho perde 700 mil euros anuais em 24 horas

Desporto

#Brexit: José Mourinho perde 700 mil euros anuais em 24 horas

Publicidade

José Mourinho ainda não começou o campeonato pelo Manchester United, mas já está a perder. A contabilidade pertence ao Jornal de Negócios. Nós damos-lhe eco na euronews.

A publicação económica portuguesa lembra que o treinador português assinou no final de maio um contrato de três temporadas com o antigo clube de Cristiano Ronaldo. O vínculo com os “red devils” contempla um salário anual de 10 milhões de libras e neste valor ninguém tocou.


O problema foi o referendo de quinta-feira. Os britânicos votaram pelo “Brexit”, o processo pelo qual ficou conhecido o desejo de uma parte do reino de Sua Majestade querer pèôr fim a um casamento de mais de 40 anos com a União Europeia. O “sim” ao “divórcio” ganhou e os mercados financeiros reagiram. Pela negativa.

O valor cambial caiu a pique esta sexta-feira de manhã. Se a 25 de maio, uma libra esterlina valia 1,3175 euros, recorda o Jornal de Negócios, esta sexta-feira caiu para os 1,2477 euros. Se à unidade até nem parece muito, em 10 milhões de libras esta desvalorização equivale a 698 mil euros.

Como ressalva a publicação portuguesa, a não ser que o contrato de Mourinho tenha uma claúsula que salvaguarde o treinador de eventuais flutuações câmbiais, em menos de 24 horas o contrato de Mourinho com o Manchester United sofreu um rombo arredondado de 700 mil euros na remuneração anual. Não é que lhe faça falta, mas deve doer.

O impacto financeiro da saída do Reino Unido da UInião Europeia deverá provocar ainda outros danos, nomeadamente na eventuais contratações que os clubes ingleses ainda pretendam fazer. O Zlatan Ibrahimovic, por exemplo, também já poderá ter assinado contrato com o Manchester United e estará agora também a fazer contas à vida ao que terá perdido se não se precaveu para uma eventual descida da libra.



Artigo seguinte