Última hora

Em leitura:

Espanha vota hoje em eleições que não prometem soluções

mundo

Espanha vota hoje em eleições que não prometem soluções

Publicidade

A jornada de reflexão na véspera para as legislativas antecipadas de hoje em Espanha foi passada com uma pequena sessão desportiva para o primeiro-ministro Mariano Rajoy.

O líder do partido anti-austeridade Podemos, Pablo Iglesias, também optou pelo desporto, com um jogo de basquetebol com simpatizantes em Madrid.

Já o socialista Pedro Sánchez organizou um grande almoço com a família e os amigos na sua residência, na capital.

Num ambiente igualmente descontraído, Albert Rivera, candidato da formação liberal Ciudadanos, passeou pelo emblemático parque do Retiro, em Madrid, sem esquivar a oportunidade para uma fotografia com turistas.

Mas os pensamentos dos diferentes líderes partidários estavam certamente dominados pelas difíceis negociações que se seguirão.

Um eleitor diz esperar que “independentemente do resultado final, cheguem rapidamente a um acordo e não percam tempo num jogo de atribuição de culpas”.

Outro afirma que, para ele, “um bom resultado será que haja uma mudança efetiva, um ‘sim’ à mudança, mas longe das posições extremistas e de ações e opções populistas, como a que assistimos no Reino Unido, que gerou uma grande incerteza. A mudança é necessária, mas de forma sensata”.

Trinta e seis milhões de eleitores são chamadas às urnas, seis meses depois de legislativas que não permitiram formar governo. Mas o escrutínio deverá resultar novamente em complicadas negociações, na falta de uma maioria parlamentar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte