This content is not available in your region

Líder do Partido Trabalhista britânico pode cair

Access to the comments Comentários
De  Lurdes Duro Pereira  com Reuters
Líder do Partido Trabalhista britânico pode cair

<p>Aumenta a pressão sobre o líder do partido Trabalhista britânico. </p> <p>A demissão do responsável pela pasta dos Negócios Estrangeiros do Labour, Hilary Benn, pode sair cara a Jeremy Corbyn. A decisão foi para muitos dirigentes a gota de água e pelo menos sete bateram, este domingo, com a porta. Um número que pode não ficar por aqui. </p> <p>Acusado de não se ter empenhado verdadeiramente na campanha pela permanência do Reino Unido na União Europeia, Jeremy Corbyn recusa abandonar a liderança dos Trabalhistas, mas os analistas acreditam que Corbyn tem os dias contados.</p> <p>Muitos elementos do partido dizem ter perdido a confiança nas “capacidades de Corbyn conduzir os Trabalhistas à vitória nas próximas eleições gerais.” É o caso da ministra da Saúde dos Trabalhistas, Heidi Alexander, uma das primeiras a apresentar a demissão e a defender a necessidade de uma nova liderança</p> <p>O líder dos trabalhistas enfrenta uma moção de censura que deve ser votada no início desta semana.</p>