Última hora

Em leitura:

Agências de notação "castigam" Grã-Bretanha

economia

Agências de notação "castigam" Grã-Bretanha

Publicidade

Depois da cotação da libra e das bolsas, foi a vez de também as agências de notação darem um golpe na economia britânica no seguimento do “Brexit”.

A Standard & Poor’s reviu a nota da dívida soberana britânica de AAA para AA. Também a Fitch decidiu baixar a nota do Reino Unido em um ponto. “Ambas as agências avisaram que poderiam seguir-se novas descidas”:
https://www.theguardian.com/business/2016/jun/27/property-and-financial-shares-slide-as-referendum-fallout-hits-stock-markets.

Quanto à Moody’s, desde 2013 que o Reino Unido já não tem a nota de triplo A. Podem seguir-se novas degradações, mas para já foram os bancos a sofrer. A agência baixou a nota dos principais bancos britânicos para “negativa”.

Toda esta conjuntura faz adivinhar uma descida na taxa de juro de referência do Banco de Inglaterra para zero. O preço do dinheiro está já num mínimo histórico, nos 0,5%.

O governador Mark Carney cancelou a viagem à cimeira de banqueiros centrais em Sintra, para poder acompanhar melhor a situação.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte