Última hora

Em leitura:

EUA: Volkswagen aceita pagar 15 mil milhões para calar escândalo

mundo

EUA: Volkswagen aceita pagar 15 mil milhões para calar escândalo

Publicidade

A construtora alemã Volkswagen aceita pagar até 14,7 mil milhões de dólares nos Estados Unidos para encerrar o caso ligado à fraude nas emissões de carros com motores a diesel.

O compromisso, que ainda precisa ser aprovado pela justiça, abre caminho para a potencial recuperação de 480.000 automóveis nos Estados Unidos equipados com um software que adulterava os resultados.

“Esta acordo é realmente o primeiro passo público após a admissão de culpa em setembro do ano passado. Assim, o montante de 15 mil milhões de dólares é de longe o maior montante na história dos EUA, é realmente o primeiro passo em termos de pagamento a fim de reparar os errros cometidos”.

O gigante do setor automóvel (que engloba marcas como Audi, Volkswagen e Porsche) também se compromete a contribuir com quase dois mil milhões de dólares para fundos que promovem veículos limpos.

A empresa admitiu ter instalado os softwares fraudulentos em 11 milhões de automóveis a diesel em todo o mundo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo