Última hora

Em leitura:

Escócia e Irlanda do Norte: os sustos económicos do pós-Brexit

Business Line

Escócia e Irlanda do Norte: os sustos económicos do pós-Brexit

Publicidade

O Reino Unido prepara-se para deixar a União Europeia. A Europa e o mundo acordaram com esta notícia na sexta-feira, após o referendo sobre o Brexit.

O país votou a saída da comunidade europeia por uma margem substancial.

Geograficamente, apenas algumas regiões registaram uma maioria de votos contra o Brexit. Para além de Londres, votaram assim a Escócia e a Irlanda do Norte.

A Escócia optou pela União Europeia com 62% contra 38% dos votos, enquanto a Irlanda do norte com 56% contra 44%.

Será que estas regiões são suficientemente fortes para aguentar as repercussões económicas da decisão que rejeitaram?

É o que tentamos perceber nesta edição de Business Line, com base nas previsões económicas para a Escócia e Irlanda do Norte, que já antes do referendo pareciam bastante sombrias.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte