Última hora

Em leitura:

Escócia/UE: Nicola Sturgeon elogia "recetividade" de Juncker e Schulz

mundo

Escócia/UE: Nicola Sturgeon elogia "recetividade" de Juncker e Schulz

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Com dois terços dos escoceses a votar contra o “Brexit”, a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, foi a Bruxelas buscar apoios e não saiu de mãos a abanar.

Para já, Sturgeon não fala de independência nem de um novo referendo, mas diz que todas as opções estão em aberto para que a Escócia possa continuar a fazer parte da União Europeia: “Se houver uma forma de ficar, estou determinada a encontrar essa forma. Todas as hipóteses estão em cima da mesa. Como disse, não subestimo os desafios. Os contactos que tive foram reconfortantes. Hoje, encontrei aqui recetividade”.

Nicola Sturgeon esteve primeiro com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, e depois com o presidente da Comissão europeia, Jean-Claude Juncker.

Em comum, a vontade de que a Escócia se mantenha na União Europeia. Mas isso vai ser difícil de conseguir sem a independência escocesa do Reino Unido. Depois do referendo de há dois anos, em que os independentistas perderam, pode estar um novo à porta.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte