Última hora

Em leitura:

TechCrunch regressa a Xangai

Sci-tech

TechCrunch regressa a Xangai

Em parceria com

A cidade de Xangai acolheu mais um TechCrunch, um evento dedicado à tecnologia que se repete na China desde 2013. Uma oportunidade para conhecer de antemão as aplicações tecnológicas de amanhã.

No total, e durante cinco dias, as start-ups apresentaram soluções inovadoras nos mais diversos setores.

A qualidade do ar na China, por exemplo, inspirou a criação deste purificador.

“Penso que todos precisam destes aparelhos na China. Por causa da poluição, a qualidade do ar é horrível. Este purificador permite limpar o ar na área de respiração, um metro cúbico. Permite emitir iões que vão capturar as partículas no ar, fazer a combinação e trazê-los para baixo” refere o Responsável de Operações da CoClean, Eric Ma.

Uma empresa coreana que nasceu a partir de uma incubadora de start-ups apresentou um novo modelo interligado de medição de fita métrica, capaz de funcionar automaticamente em todos os tipos de superfícies e de enviar os dados para um smartphone através de uma aplicação.

“Normalmente verificamos o comprimento de algo que usamos desta forma. Podemos usar três tipos de medições: com a fita, com ódometros ou remotamente com um laser” afirma Wongyu Lee da incubadora coreana Future Play.

Se quer aprender a tocar música, esta guitarra inteligente pode ser o instrumento que procura. Graças ao LED no braço da guitarra e depois de ligada a aplicação correspondente, tudo se torna mais fácil.

Artigo seguinte