Última hora

Última hora

Reino Unido: Michael Gove defende que próximo primeiro-ministro deve ser alguém que defendeu o "Brexit"

Michael Gove, o ministro da Justiça britânico e candidato à liderança do Partido Conservador para a substituição de David Cameron no cargo de primeiro-ministro, afirmou que o próximo primeiro-ministro

Em leitura:

Reino Unido: Michael Gove defende que próximo primeiro-ministro deve ser alguém que defendeu o "Brexit"

Tamanho do texto Aa Aa

Michael Gove, o ministro da Justiça britânico e candidato à liderança do Partido Conservador para a substituição de David Cameron no cargo de primeiro-ministro, afirmou que o próximo primeiro-ministro deve ser alguém que defendeu a saída do Reino Unido da União Europeia.

allviews Created with Sketch. Point of view

"A melhor pessoa para liderar a saída da Grã-Bretanha da União Europeia é alguém que argumentou para tirar a Grã-Bretanha da União Europeia."

Michael Gove Candidato à liderança do Partido Conservador

Gove foi um dos principais líderes da campanha pelo “Brexit”, que venceu o referendo, na semana passada.

“Este referendo foi sobre responsabilidade democrática, o princípio de que os políticos devem responder, o mais diretamente possível às pessoas que os elegeram. Por isso, acredito que o próximo primeiro-ministro tem de estar no lado vencedor desse argumento. Simplificando, a melhor pessoa para liderar a saída da Grã-Bretanha da União Europeia é alguém que argumentou para tirar a Grã-Bretanha da União Europeia”, defendeu.

As palavras de Michael Gove tinham como alvo a ministra do Interior, Theresa May, que fez campanha pelo “ficar” e é apontada como a candidata mais bem colocada para conquistar o lugar deixado vago por David Cameron.

A candidatura de Michael Gove apanhou de surpresa o antigo autarca de Londres, Boris Johnson, que desistiu de concorrer. Gove, tido até então como o seu principal aliado, disse que entrava na corrida, alegando que Johnson não tem as qualidades necessárias para liderar o Partido Conservador e o Governo.