Última hora

Em leitura:

14 anos de prisão por apunhalar atual autarca de Colónia

mundo

14 anos de prisão por apunhalar atual autarca de Colónia

Publicidade

O agressor há cerca de oito meses de Henriette Reker (foto), a então candidata e agora presidente da câmara de Colónia, na Alemanha, foi sentenciado sexta-feira a 14 anos de prisão. É a sentença mais pesada alguma vez decidida pelo tribunal regional de Düsseldorf.

Julgado sob medidas de alta segurança, Frank Steffen, de 45 anos, foi condenado por “tentativa de homicídio qualificado.”

O caso deu-se a 17 de outubro do ano passado. Henriette Reker era, à altura, candidata à câmara de Colónia e estava em campanha com uma política favorável ao acolhimento de refugiados.

Armado de uma faca, Frank Stefen, pintor de profissão mas desempregado há algum tempo, feriu com gravidade a agora autarca. Reker ficou em estado crítico, foi eleita, entretanto recuperou e está em funções.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte