This content is not available in your region

Eleições Austrália: Liberais e Trabalhistas com resultados muito próximos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Eleições Austrália: Liberais e Trabalhistas com resultados muito próximos

<p>Já começou a contagem dos votos na Austrália e as sondagens à boca das urnas apontam para um resultado muito próximo para os dois principais candidatos: o ainda primeiro-ministro Malcolm Turnbull e o líder dos trabalhistas Bill Shorten.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/Election2016?src=hash">#Election2016</a> Exit polls so far have the result as too close to call. <a href="https://twitter.com/hashtag/TenNews?src=hash">#TenNews</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ausvotes?src=hash">#ausvotes</a> <a href="https://t.co/UPhAFYJemH">pic.twitter.com/UPhAFYJemH</a></p>— <span class="caps">TEN</span> Eyewitness News (@channeltennews) <a href="https://twitter.com/channeltennews/status/749168034359570432">2 de julho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Estas eleições legislativas, que decorreram durante o dia de sábado, foram antecipadas a pedido de Malcolm Turnbull. O liberal não aceitou o chumbo do Senado à legislação para restaurar uma comissão de fiscalização ao setor da construção.</p> <p>O vencedor deste escrutínio vai ser o quinto chefe do governo australiano em apenas três anos. Apesar da instabilidade política, a Austrália tem conseguido manter a estabildade económica: esta sexta-feira assinalou-se um quarto de século de crescimento sem recessão no país.</p> <p>A última recessão sentida na Austrália ocorreu em 1991. Os economistas dizem que um pouco de sorte e a boa gestão permitiram à Austrália passar ao lado das crises mundiais, entre as quais a crise financeira de 2008.</p>