Última hora

Na Mongólia mandam os mongóis

Na derradeira ronda do Grande Prémio de Ulan Bator manteve-se a tendência dos dois primeiros dias, com a hegemonia dos judocas da Mongólia.

Em leitura:

Na Mongólia mandam os mongóis

Tamanho do texto Aa Aa

Na derradeira ronda do Grande Prémio de Ulan Bator manteve-se a tendência dos dois primeiros dias, com a hegemonia dos judocas da Mongólia.

Lkhamdegd Purevjargal subiu ao lugar mais alto do pódio nos -78 kg, já a sua compatriota, Javzmaa Odkhuu, foi incapaz de contrariar o favoritismo de Idalys Ortiz nos +78 kg. A cubana foi das poucas a conseguir quebrar a hegemonia local mas não foi a única.

Nos homens, o azeri Zelym Kotsoiev arrebatou o título nos -100 kg. Ainda assim, os adeptos presentes tiveram motivos mais que suficientes para festejar no último dia, com vitórias de Otgonbaatar Lkhagvasuren nos -90 kg e Temuulen Battulga nos +100 kg.

Os judocas da casa terminaram o torneio com um total de nove medalhas de ouro em 14 possíveis.