Última hora

Em leitura:

EUA: Cidadão dos Emirados Árabes Unidos preso por engano

mundo

EUA: Cidadão dos Emirados Árabes Unidos preso por engano

Publicidade

Os Emirados Árabes Unidos aconselham os seus cidadãos a evitar o uso do traje nacional no exterior do país depois de um homem ter sido “violentamente detido” no estado de Ohio, nos Estados Unidos, e tomado por um membro do grupo um Estado Islâmico.

A interpelação de Ahmed al-Menhali à porta do hotel em que se encontrava foi gravada. O vídeo do incidente foi postado no YouTube.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros dos Emirados expressou o “descontentamento” à embaixada dos EUA e exigiu esclarecimentos sobre a detenção Menhali. O homem que vestia uma túnica branca e turbante árabe desfaleceu perturbado com a intervenção súbita da políca, acabou por ser conduzido ao hospital.

O chefe da polícia pediu pessoalmente desculpas ao visado e à família pelo mal entendido: “Ninguém do departamento de polícia quis desrespeitá-lo. Não era essa a intenção dos nossos agentes. É um lamentável acidente o que ocorreu. O senhor não deveria ter sido sujeito a essa situação”.

O equívoco foi criado por um funcionário do hotel que escutava a conversa telefónica em língua árabe de Menhali e pensou tratar-se de um suspeito que prometia lealdade ao ISIL pelo que alertou a polícia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte