Última hora

Em leitura:

Portugal e País de Gales com os olhos em Paris

the corner

Portugal e País de Gales com os olhos em Paris

Publicidade

Esta quarta-feira, ao inicio da noite, Lyon recebe a primeira meia-final do Euro2016 . Portugal e País de Gales lutam por um bilhete para o jogo do título, domingo, em Paris.

Companheiros no Real Madrid, Cristiano Ronaldo e Gareth Bale vão desta vez estar em campos opostos.

Quase na máxima força, Portugal acredita que vai chegar à final e para o duelo com os ‘dragões’ galeses a seleção das quinas só não poderá seguramente contar com William Carvalho, suspenso. Na conferência de imprensa de antevisão do jogo, Fernando Santos não esclareceu se Pepe irá recuperar da lesão a tempo de alinhar na meia-final.

Quanto ao adversário, José Fonte deixa o aviso:

“Não é só o típico estilo do futebol inglês, são jogadores que já têm grande qualidade técnica, que estão a um nível muito alto. Por isso, esperamos um jogo muito difícil, esperamos uma batalha”. Cristiano Ronaldo voltou a ser tema nas questões colocadas ao técnico do País de Gales. Chris Coleman disse que Gareth Bale não tem qualquer segredo para partilhar com a equipa sobre CR7 porque “todos conhecem Cristiano Ronaldo. Já o conhecemos há muito tempo e os jogadores sabem o que vão enfrentar, não é apenas Ronaldo, são todos os jogadores portugueses. Sabem tudo sobre Portugal, não apenas sobre um jogador”, concluiu.

Coleman não poderá contar com os influentes Ramsey e Davis, suspensos. Mas o País de Gales tem mostrado ser essencialmente uma equipa solidária, que não gira apenas em torno de Gareth Bale.

O Europeu é também uma oportunidade para os jovens talentos mostrarem as suas capacidades e prepararem-se para voos mais altos nos grandes clubes europeus. Escolhemos para análise um jogador de cada uma das seleções semi-finalistas.

Jogou pouco mais de seis meses na equipa principal do Benfica, mas foi o suficiente para o Bayern de Munique pagar 35 milhões de euros por Renato Sanches. O contrato é por cinco anos e pode chegar aos 80 milhões de euros em função dos resultados. Aos 18 anos, o ‘miúdo’ já é apontado como o futuro patrão da seleção portuguesa.

‘Hal’ Robson-Kanu chegou ao Europeu sem clube, depois de 9 anos no Reading, da segunda divisão inglesa. A situação deve alterar-se muito em breve depois das excelentes atuações no ataque do País de Gales e dos dois golos que já marcou em França. . Dimitri Payet já leva três golos no torneio, o mais importante deu a vitória à França sobre a Roménia no jogo de abertura do campeonato. Para já, está no West Ham United, mas não será surpreendente se rumar a outras paragens ainda este verão.

Discretamente, Jonas Hector vai-se afirmando na seleção alemã. Aos 26 anos, o defesa esquerdo que tem feito carreira no Colónia acabou por marcar o penálti que valeu a qualificação da Alemanha para as meias-finais após uma série louca de grandes penalidades no encontro face à Itália.

O mercado de transferências continua bastante ativo. Os grandes clubes europeus não perdem tempo e contratam alguns dos melhores jogadores do torneio:

Zlatan Ibrahimovic reencontra José Mourinho. A estrela sueca deixou o Paris Saint Germain (PSG) para rumar a Old Trafford. Ao ‘site’ do Manchester United disse que sentiu ser um “Terminator” quando jogou às ordens do técnico português, no Inter de Milão.

Sai Ibrahimovic, entra Grzegorz Krychowiak. O médio polaco chega ao PSG a pedido do técnico que o orientou nas últimas duas épocas: Unay Emery. Krychowiak, que foi formado na academia do Bordéus, assinou por cinco anos com o clube de Paris.

Chegou ao Benfica provenitente do Barcelona, esteve emprestado ao Granada e seguiu depois para o Celta de Vigo. Agora, Nolito assinou por quatro temporadas com o Manchester City, onde volta a estar ao serviço de Pep Guardiola, que, em 2011, não conseguiu impedir a transferência do avançado para a Luz.

Samuel Umtiti formou-se e lançou a carreira no Lyon. Agora, o Barcelona pagou 25 milhões de euros para contar com o defesa central de 22 anos, nascido nos Camarões, mas com nacionalidade francesa. Nani tem estado em destaque no Europeu, já apontou dois golos e um ano depois de ter vestido a camisola do Fenerbahçe deixa a Turquia para uma primeira experiência em Espanha. O Valência paga 8,5 milhões de euros pelo passe do português nascido em Cabo Verde, que assinou por três temporadas.

Apesar do Europeu, o mundo do futebol não pára e há várias movimentações nos bancos de grandes clubes.
José Mourinho e Unai Emry são os novos treinadores do Manchester United e do Paris Saint-Germain, respetivamente.

José Mourinho chega ao Manchester United para fazer esquecer as últimas três épocas e devolver a glória a um clube que tem andado pelas ruas da amargura desde que Sir Alex Fergunson decidiu reformar-se. Este ano, o palco internacional vai ser a Liga Europa, mas o duelo com o City, de Pep Guardiola, promete animar a Liga Inglesa.

O Paris Saint-Germain contratou Unai Emery com um objectivo simples: conquistar a Liga dos Campeões. Ao serviço do Sevilha, o técnico basco ganhou as últimas três edições da Liga Europa. Agora, vai lutar pelo troféu com que sonham todos os clubes do velho continente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte