Última hora

Em leitura:

Angela Merkel estende a mão à Rússia e lança desafio à NATO

mundo

Angela Merkel estende a mão à Rússia e lança desafio à NATO

Publicidade

A chanceler alemã critica a Rússia pelas ações na Ucrânia, mas reconhece que quer manter uma relação construtiva com Moscovo. Na véspera da Cimeira da Nato na Polónia, Angela Merkel sublinhou a necessidade de manter aberta a porta do diálogo com a Rússia e da Aliança Atlântica recuperar a confiança perdida no leste da Europa.

“As ações russas na crise ucraniana inquietaram os nossos aliados do leste. Se através de palavras e ações, a validade da lei [internacional] e a inviolabilidade das fronteiras são questionadas é claro que a confiança [na NATO] se perde. Os nossos aliados de Leste foram profundamente afetados por esta situação e precisam de ser tranquilizados pela Aliança” afirma Merkel.

A chanceler alemã lembra que o cessar-fogo na Ucrânia não está a ser respeitado e defende que o cumprimento dos acordos de Minsk é decisivo para alicerçar a relação com Moscovo.

Angela Merkel reconhece, ao mesmo tempo, que é necessário reforçar a capacidade de defesa da NATO na Polónia e nas três repúblicas bálticas: Lituânia, Letónia e Estónia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte