Última hora

Em leitura:

Rio de Janeiro à beira do colapso financeiro

mundo

Rio de Janeiro à beira do colapso financeiro

Publicidade

Milhares de trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro fizeram uma marcha de protesto contra o pagamento de salários em atraso, numa altura em que começou a contagem decrescente para os Jogos Olímpicos.

A cidade ultima os preparativos para o evento no que serão as primeiras Olimpíadas a serem realizadas na América do Sul e que pretendiam mostrar a ascensão do Brasil como potência global. Uma ambição defraudada.

“O governo já não paga aos reformados e diz que o dinheiro é para os projetos de construção Olímpicos. Achamos que isso é um absurdo. Deixar as pessoas morrer nos hospitais para fazer os Jogos Olímpicos. Não pagar os salários das pessoas para fazer os Jogos Olímpicos.”

O protesto que foi vigiado pela polícia municipal paralisou o trânsito na cidade. Os turistas têm sido recebidos no desembarque do aeroporto Internacional com mensagens em inglês como “Bem-vindo ao inferno!”.

O Rio enfrenta uma grave crise orçamental. Um plano de emergência foi autorizado por Brasília na semana passada para liberar 833 milhões de euros destinados ao pagamento de salários em atraso dos funcionários públicos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte