Última hora

Em leitura:

Dallas: Vídeo amador capta parte do tiroteio

mundo

Dallas: Vídeo amador capta parte do tiroteio

Publicidade

É o rosto do tiroteio em Dallas. Identificado como Micah Johnson, o reservista do exército norte-americano tinha 25 anos, vivia em Mesquite, no Texas, e não tinha antecedentes criminais ou ligações a grupos terroristas.

Vídeos amadores captaram o momento em que tudo aconteceu.

Durante mais de uma hora, o homem esteve entrincheirado num parque de estacionamento. Seguiu-se um tiroteio com a policia. Aos negociadores terá dito que o objetivo era matar depois de agentes terem abatido a tiro dois afro-americanos, esta semana, nos estados do Luisiana e do Minnesota.

O homem acabaria por ser morto por um explosivo detonado pela polícia.

De acordo com o chefe da polícia de Dallas, David Brown “o suspeito afirmou estar furioso com a associação ‘Black Lives Matter’. Disse estar furioso com os recentes ataques da polícia e com as pessoas brancas. Afirmou que o objetivo era matar brancos, especialmente agentes da polícia.”

Cinco agentes morreram. Sete policias e dois civis ficaram feridos.

A polícia ainda não sabe se o suspeito terá agido sozinho. As primeiras informações apontavam para a presença de atiradores furtivos que terão disparado sobre os agentes. Três pessoas – dois homens e uma mulher – foram detidas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte